Empresário do ramo da construção é preso por tentativa de homicídio em Pinheiral

Policiais Civis da 101ª DP prenderam neste sábado (dia 7) Alexandre Cesar de Souza, conhecido como Morô,  48 anos, empresário do ramo de construções, por tentativa de homicídio. O crime foi praticado no último dia 27 de março, no Centro de Pinheira. A vítima foi um técnico de manutenção de 31 anos.

Segundo a polícia, Aexandre Morô e a vítima, amigos há vários anos, bebiam com um grupo numa choperia quando, por volta de 23h30min, iniciou-se uma discussão por motivos políticos. Irritado, Morô chamou a vítima de "moleque" e o ameaçou, dizendo para "sumir de Pinheiral, pois a cidade estava pequena para os dois".

"A vítima saiu do bar e subiu na sua moto mas, antes que pudesse partir, Alexandre Morô se soltou de dois conhecidos que o seguravam, correu, entrou no seu veículo Land Rover, Placa KYJ 2454/RJ e, intencionalmente, jogou o carro sobre a vítima, que voou de encontro a um muro. Logo em seguida, Morô fugiu do local. Testemunhas disseram que Morô quis imprensar o amigo contra a parede. A moto, caída sobre ele, acabou protegendo-o de ser esmagado", explicou o delegado Antonio Furtado.

Socorrido no Hospital São João Batista em Volta Redonda, a vítima sofreu diversos ferimentos, inclusive uma dupla fratura exposta na perna.

"É um caso gravíssimo. Talvez o rapaz tenha dificuldades para andar pelo resto da vida. Pinheiral ficou em estado de choque. A tentativa de homicídio foi cometida à traição, sem dar chance de defesa e por meio cruel. Esse crime jamais poderia ficar sem resposta", afirmou o delegado.

Desde então, a 101° DP realizava diligências para localizar Alexandre Morô, que desapareceu de Pinheiral. O delegado Antonio Furtado representou pela prisão temporária de 30 dias do suspeito, concedida pela Justiça no dia 2 de abril, quando Morô se tornou foragido. 

"FIzemos buscas para capturá-lo também em Volta Redonda e Angra dos Reis, até que, não resistindo ao cerco policial, Alexandre se entregou ontem na 101°DP, acompanhado por seu advogado. Quero agradecer à população de Pinheiral,  que colaborou com muitas informações para que a prisão fosse realizada. Para nós não importa se o autor do crime é pobre ou um emprésario bem-sucedido. Ninguém está acima da Lei", concluiu o delegado Antonio Furtado.

O preso será transferido hoje ainda para a Casa de Custódia do Roma, onde ficará à disposição da Justiça.

Foto: Divulgação 

Deixe seu comentário

  • Expediente

    C M DE LIMA FILHO Jornais e Revistas
    Inscrição Municipal: 052727009 - CNPJ: 13018923/0001-12

    Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301 - Edifício Maria Yabrudi - Aterrado - VR/RJ
    Telefone: (24) 3338 8341
    E-mail: redacao@folhadoacovr.com.br

  • Editor Responsável
    Luiz Eduardo Passos

    Diagramação
    Bruna Viana

    Gráfica
    Diário do Vale

    Tiragem
    10.000 exemplares

    Distribuição
    Semanal

  • Comunicar erro