Em nova petição, advogado reforça pedido de mudança de administrador judicial do Hospital Vita

O advogado do Grupo Vita, Fábio Mesquita Ribeiro, entrou com duas petições na 4° Vara Cível de Volta Redonda. Em uma delas, o advogado reforça o pedido pelo afastamento do administrador judicial nomeado pela Justiça. Na outra petição,  é solicitado que a Justiça, juntamente com o Ministério Público, Federal e Estadual, medie a proposta de compra do Hospital Vita apresentada pelo Grupo Intermédica.

Sobre o administrador judicial, o Grupo Vita afirma, na petição, que o mesmo não está sendo imparcial conforme exige o exercício da função. A empresa apresenta no documento dados do balanço financeiro que contradizem as afirmações do administrador de que o hospital seria deficitário. Também consta no texto críticas feitas pela Procuradora da República à deficiência técnica do relatório produzido pelo administrador.

Na segunda petição, a empresa apresenta provas, ao contrário do que representantes da CSN afirmaram na audiência de 11 de maio, de que há o real interesse do Grupo Intermédica na compra do Hospital Vita. Há, inclusive, no documento, provas de que os gestores da siderúrgica sabiam da proposta de aquisição. Justamente, para buscar a melhor solução para a Região Sul Fluminense e não deixa-la desassistida, é que o Grupo Vita solicita a mediação de um juiz na negociação.

Para o vice-presidente do grupo, Francisco Balestrin, as petições ratificam o total compromisdo da organização em buscar a melhor solução para a população. “Desde o início, estamos exatamente comprometidos com uma passagem de bastão sem traumas. Nós já fizemos pelo menos quatro propostas de soluções não aceitas pela CSN”, afirma. 

Para Balestrin, todos os envolvidos têm que estar comprometidos em não deixar a região Sul Fluminense desassistida. “Nós sabemos que a população está aflita em relação ao que vai acontecer. Até porque o hospital, sob a administração do Grupo Vita, tornou-se uma referência em atendimento”, destaca. A unidade realiza 7.800 internações por ano e 4.880 cirurgias, além de 144.000 atendimentos ambulatoriais.  

Deixe seu comentário

  • Expediente

    C M DE LIMA FILHO Jornais e Revistas
    Inscrição Municipal: 052727009 - CNPJ: 13018923/0001-12

    Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301 - Edifício Maria Yabrudi - Aterrado - VR/RJ
    Telefone: (24) 3338 8341
    E-mail: redacao@folhadoacovr.com.br

  • Editor Responsável
    Luiz Eduardo Passos

    Diagramação
    Bruna Viana

    Gráfica
    Diário do Vale

    Tiragem
    10.000 exemplares

    Distribuição
    Semanal

  • Comunicar erro