MP Eleitoral quer investigar se posto do Detran de Barra Mansa teve uso eleitoreiro

A Procuradoria Regional Eleitoral (PRE) no Rio de Janeiro requereu à Polícia Federal que instaure um inquérito para apurar se foram cometidos ilícitos eleitorais no posto do Detran em Barra Mansa. Essa investigação focalizará condutas do candidato a deputado estadual e presidente da Câmara Municipal, vereador Marcelo Borges da Silva, o Marcelo Cabeleireiro (DC), e do coordenador daquele posto, Genilson de Barros Almeida, suspeitos de terem usado o local para guardar e distribuir material de campanha.

A PRE abriu ainda uma investigação própria sobre o caso. Essas iniciativas da PRE tiveram origem em denúncia protocolada no portal da Procuradoria segundo a qual o posto foi usado na distribuição de santinhos e adesivos de propaganda eleitoral para veículos. A abertura de inquérito foi pedida pelo procurador regional eleitoral Sidney Madruga à Delegacia de Defesa Institucional (Delinst).

Outro lado

Procurado para comentar sobre a denúncia, o vereador de Barra Mansa e candidato a deputado Marcelo Cabeleireiro informou que não se pronunciará sobre este assunto. "Tão logo for questionado pelo Ministério Público, prestará os devidos esclarecimentos à Justiça", destacou o presidente da Câmara de Barra Mansa, por meio de sua assessoria de imprensa.

Foto: Reprodução/Facebook

Deixe seu comentário

  • Expediente

    C M DE LIMA FILHO Jornais e Revistas
    Inscrição Municipal: 052727009 - CNPJ: 13018923/0001-12

    Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301 - Edifício Maria Yabrudi - Aterrado - VR/RJ
    Telefone: (24) 3338 8341
    E-mail: redacao@folhadoacovr.com.br

  • Editor Responsável
    Luiz Eduardo Passos

    Diagramação
    Bruna Viana

    Gráfica
    Diário do Vale

    Tiragem
    10.000 exemplares

    Distribuição
    Semanal

  • Comunicar erro