Volta Redonda avança na recuperação de empregos

Após registrar números negativos, Volta Redonda conseguiu se firmar diante da crise e gerar novos postos de trabalho. Segundo o prefeito Samuca Silva, essa é uma das prioridades de seu governo. “Saímos de uma situação em que estávamos quase duas vezes pior do que a média nacional para outra em que estamos mais de duas vezes melhor que a média nacional”, disse Samuca.

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) do Ministério do Trabalho mostram que, quando assumiu o governo,em janeiro de 2017, a cidade estava em situação pior do que a média nacional no que se refere a emprego. O Brasil e a cidade registravam redução no número de empregos e, em agosto deste ano, a cidade não só reverteu os números negativos do mercado de trabalho, como fez isso de forma mais acentuada que o país.

Nos doze meses de 2016, Volta Redonda perdeu 5,3% dos empregos que tinha no início do período, enquanto a média nacional era de -3,33%. Já no período de doze meses, que se encerrou em agosto deste ano, o Brasil ampliou em 0,94% o número de empregos existentes, enquanto em Volta Redonda a quantidade de postos de trabalho cresceu 2,04%.

 

Em 2018

Em números absolutos, Volta Redonda abriu 1.225 novos postos de trabalho este ano. Os dados são referentes aos meses de janeiro a agosto e divulgados pelo Ministério do Trabalho. Os números apontam que, a cada cerca de quatro horas, um novo posto de trabalho é aberto na cidade.

Até o final do ano, com novos investimentos na cidade e a inauguração do novo shopping, a cidade deve ter saldo positivo de 4 mil empregos. O prefeito Samuca Silva destacou a importância do desenvolvimento econômico. “A geração de emprego é uma das nossas prioridades. Todos nós temos alguém da família ou conhecidos que teve que ir trabalhar em outra cidade por falta de oportunidade em Volta Redonda. Estamos mudando esse paradigma, melhoramos o ambiente de negócios, e estamos atraindo novas empresas”, destacou o prefeito.

Somente com a empresa de Call Center, que já está fazendo processo de seleção, a cidade deve ganhar cerca de 800 novos empregos nos próximos meses. Já com o novo shopping, mais três mil empregos podem ser gerados. "É bom lembrar que no nosso governo realizamos a reabertura do Sine, que está funcionando hoje no Na Hora (no Retiro). Estamos fazendo seleções de currículos e processos seletivos no local. A população pode ir ao local cadastrar os currículos”, comentou o prefeito.

Na abertura de empresas, Volta Redonda também tem se destacado. Somente em agosto, a cidade abriu 190 novas empresas, recorte na história da cidade. O Polo Metal-mecânico também tem avançado, com a melhora no diálogo com a CSN, e sete empresas de beneficiamento de aço estão negociando a instalação na cidade. “Precisamos dar dignidade ao nosso povo, com emprego e dinheiro no bolso. Volta Redonda dá exemplo ao Brasil que tem cerca de 12 milhões de desempregados”, concluiu o prefeito.

Deixe seu comentário

  • Expediente

    C M DE LIMA FILHO Jornais e Revistas
    Inscrição Municipal: 052727009 - CNPJ: 13018923/0001-12

    Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301 - Edifício Maria Yabrudi - Aterrado - VR/RJ
    Telefone: (24) 3338 8341
    E-mail: redacao@folhadoacovr.com.br

  • Editor Responsável
    Luiz Eduardo Passos

    Diagramação
    Bruna Viana

    Gráfica
    Diário do Vale

    Tiragem
    10.000 exemplares

    Distribuição
    Semanal

  • Comunicar erro