Jucerja realiza em Volta Redonda encontro para a desburocratização de negócios

A Junta Comercial do Estado do Rio de Janeiro (Jucerja) realizou nesta terça feira (dia 13), um encontro em Volta Redonda, no auditório da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL). O evento, aberto pelo prefeito Samuca Silva (Sem Partido) e pelo presidente da Jucerja Luiz Velloso, teve como objetivo esclarecer e incentivar os funcionários públicos e outros profissionais a usarem as ferramentas que facilitam a emissão do alvará online. 

Para Samuca, com esse evento, Volta Redonda mostra para todos os empreendedores que eles são bem vindos ao município e que, a partir dessa melhoria do ambiente de negócio, é possível trazer empresas, gerar emprego e renda. “É a hora propormos ferramentas visando à desburocratização. Volta Redonda está num momento muito importante nessa questão de atrair novas empresas. Tenho conversado muito com os empresários e o melhor retorno que temos é em relação a facilidade da implementação em abrir seus negócios no nosso município”, disse o chefe do Executivo municipal. 

O presidente da Jucerja Luiz Velloso, falou da importância do dinamismo econômico que Volta Redonda apresenta em todo o estado do Rio. “É uma honra estar aqui e ser recebido pelo Samuca, um prefeito jovem e empreendedor. Procuramos ajudar os agentes que fazem parte desse processo de desenvolvimento que tem um papel muito importante nesse quesito. Todos os órgãos que fazem parte desse processo de integração precisam ter na Jucerja um sistema confiável, ágil e seguro, e isso estamos fazendo aqui e em todos as cidades do Estado”, explicou Velloso.  

A Rede de Agentes, que conta com nove representantes da prefeitura de Volta Redonda, tem o objetivo de promover as condições favoráveis e fortalecer um ambiente propício ao desenvolvimento sustentável na região. O resultado é a atração de mais empresas, fomentando as já existentes e com isso gerando  mais empregos. 

O secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Joselito Magalhães destacou que a melhora do ambiente de negócios favorece a geração de empregos. “Aqui estamos expandindo, com todos os municípios do Médio Paraíba, as boas praticas de desburocratização na abertura de empresas no município de Volta Redonda e que tem gerado um ganho na geração de emprego”, disse Joselito. 

No evento foi destacada a importância das cidades estarem, cada dia mais, integradas e num avançado nível de desburocratização. Representando Resende, a assessora executiva da secretaria de indústria, comercio e turismo, Yara Puello disse que eles tiveram três agentes de desenvolvimento nomeados no município. “Trouxemos um processo muito interessante de desburocratização e desenvolvimento com avaliação desses agentes e a criação da rede. A gente tem trocado informações sobre a importância em facilitar a abertura de empresas na cidade”, pontuou. 

Represetantes de outras cidades, como Itatiaia, Rio Claro, Pinheiral além do prefeito de Quatis Bruno, também estiveram no encontro a aprovaram a iniciativa da Jucerja. Fazem parte da Rede de Agentes (Volta Redonda, Barra Mansa, Barra do Piraí, Porto Real, Resende e Vassouras).

Foto: Divulgação SecomVR/Gabriel Borges 

Deixe seu comentário

  • Expediente

    C M DE LIMA FILHO Jornais e Revistas
    Inscrição Municipal: 052727009 - CNPJ: 13018923/0001-12

    Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301 - Edifício Maria Yabrudi - Aterrado - VR/RJ
    Telefone: (24) 3338 8341
    E-mail: redacao@folhadoacovr.com.br

  • Editor Responsável
    Luiz Eduardo Passos

    Diagramação
    Bruna Viana

    Gráfica
    Diário do Vale

    Tiragem
    10.000 exemplares

    Distribuição
    Semanal

  • Comunicar erro