Política

Cunha diz que processo de impeachment é legítimo e que Dilma é "mentirosa"

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), divulgou nota pública para rebater as acusações da presidenta afastada Dilma Rousseff que disse, em interrogatório no Senado, ser ele o culpado por seu impeachment “golpista”.

Na nota, Cunha diz que “a presidente afastada segue mentindo contumazmente, visando a dar seguimento ao papel de personagem de documentário que resolveu exercer, após a certeza do seu impedimento, em curso pelo julgamento em andamento” - fazendo referência ao documentário sobre o processo de impeachment que vem sendo filmado no Senado.

Em resposta às acusações da presidenta de que ele teria sido o arquiteto de uma sabotagem ao governo ao longo do último ano, o ex-presidente da Câmara desafiou Dilma a “demonstrar qual foi a pauta-bomba votada e qual projeto do governo não foi votado”.

“Em 2015, foram votadas 28 medidas provisórias, seis projetos oriundos do governo, incluindo o da repatriação, assim como mais de 30 acordos internacionais, além de dezenas de outras proposições, o que tornou 2015 o ano recorde de apreciação de projetos”, diz a nota.

Segundo o ex-presidente da Câmara, também não é verdade que os deputados tenham paralisado os trabalhos em 2016, enquanto o afastamento de Dilma não fosse aprovado no Senado – outra das acusações feitas hoje pela presidenta. “O atraso do reinício do funcionamento das comissões deveu-se à solução das mudanças partidárias da chamada janela partidária, em nada tendo a ver com a crise política e, mesmo assim, em nada atrapalhou a performance na Câmara”, alega.

Eduardo Cunha disse que o ato dele que acatou o pedido de impeachment já foi questionado por Dilma no Supremo Tribunal Federal, sob alegação de desvio de poder, e considerado válido, além de ter sido convalidado em votação na Câmara e em quatro votações no Senado. E devolve as acusações de Dilma de que ele teria tentando chantageá-la para se livrar de um processo de cassação no Conselho de Ética da Câmara.

“As tentativas de barganha para que eu não abrisse o processo de impeachment partiram do governo dela e por mim não foram aceitas, como já declarei em diversas oportunidades, denunciando com nomes e detalhes essas tentativas. Isso sim foi chantagem”, diz a nota.

Para o ex-presidente da Câmara, Dilma usa “da técnica fascista de que uma mentira é exaustivamente repetida até se tornar verdade” e volta a rechaçar a tese adotada pelos apoiadores da presidenta afastada de que o processo em curso seja um golpe.

“O Senado Federal, em um julgamento com amplo direito de defesa, vem confirmando que a presidente afastada cometeu crime de responsabilidade. Todos os atos por mim praticados estão sendo confirmados até o momento e, ao que parece, está sendo comprovado que decretos da presidente afastada foram editados sem autorização legislativa, o que configura o crime de responsabilidade. O resto são as desculpas para os documentários da história, incluindo o figurino do golpe, que parece caber mais na história da eleição dela do que na história do impeachment”, conclui.

O ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), divulgou nota pública para rebater as acusações da presidenta afastada Dilma Rousseff que disse, em interrogatório no Senado, ser ele o culpado por seu impeachment “golpista”. Na nota, Cunha diz que “a presidente afastada segue mentindo contumazmente, visando a dar seguimento ao papel de personagem de documentário que resolveu exercer, após a certeza do seu impedimento, em curso pelo julgamento em andamento” - fazendo referência ao documentário sobre o processo...

 

Esporte

PANORAMA ESPORTIVO: Seleção brasileira já treina em Quito

BRASIL A seleção brasileira já está em Quito para se ambientar com a altitude, pois o time enfrenta o Equador quinta-feira, às 18h, pelas Eliminatórias da Copa. Teve treino ontem, de bola parada, que é a maior preocupação de Tite, por conta da velocidade que a bola pode alcançar com o ar rarefeito. Pela atividade, não foi possível identificar qual será o time titular que o técnico mandará a campo em seu primeiro desafio comandando o Brasil. A vitória é essencial, pois a seleção está em sexto na tabela, fora da zona de classificação para a...

 

Região

Motorista perde o controle do veículo e invade quintal de casa, em Barra Mansa

O acidente foi ontemà tarde, no bairro Vista Alegre, em Barra Mansa. O motorista, identificado como Rodrigo Santana do Nascimento, de 30 anos, perdeu o controle do carro, um prisma, de placa KOO 7131, e invadiu o quintal de uma casa, no Loteamento Aiuruoca. O motorista sofreu ferimentos leves e foi encaminhado para a santa casa de Barra Mansa. Nenhum morador ficou ferido.

 

Polícia

Bandidos invadem casa em Barra Mansa e ameaçam matar o morador de 82 anos

A invasão aconteceu nesta madrugada, em uma casa na Rua Joaquim de Oliveira Dutra, no bairro São Genaro, em Barra Mansa. Segundo a polícia, quatro homens encapuzados arrombaram a porta, invadiram a casa e ameaçaram matar o morador, um idoso de 82 anos. Os criminosos jogaram álcool no rosto do idoso e disseram que iriam atear fogo. Os bandidos pegaram eletrodomésticos e ferramentas, como uma roçadeira, além de uma moto Suzuki preta, ano 2010, e cartões do banco Santander, Banco do Brasil e Itaú, com as senhas que conseguiram após graves...

 

Edições impressas - (ver todas)

  • Expediente

    C M DE LIMA FILHO Jornais e Revistas
    Inscrição Municipal: 052727009 - CNPJ: 13018923/0001-12

    Rua Luiz Alves Pereira, nº 115, Sala 301 - Edifício Maria Yabrudi - Aterrado - VR/RJ
    Telefone: (24) 3338 8341
    E-mail: redacao@folhadoacovr.com.br

  • Editor Responsável
    Luiz Eduardo Passos

    Diagramação
    Bruna Viana

    Gráfica
    Diário do Vale

    Tiragem
    10.000 exemplares

    Distribuição
    Semanal

  • Comunicar erro