Um policial militar e um homem acusado de integrar o tráfico morreram na madrugada desta quarta-feira (dia 22) em tiroteio no Padre Josimo. Policiais do 28º Batalhão realizavam patrulhamento de rotina pelo bairro quando foram surpreendidos por dois suspeitos de motocicleta, nas imediações da Rua 15, esquina com a Rua 12. 

De acordo com a polícia, a dupla de criminosos atirou na direção da viatura ao tentar fugir. Um dos disparos atingiu a cabeça do cabo Leonardo Pinho da Silva, de 29 anos, que morreu na hora. Marcos Camilo da Silva também foi baleado e não resistiu.

Contra ele havia um mandado de prisão expedido pela Justiça. Marcos é irmão Marcelo Camilo da Silva, que durante anos comandou o tráfico na região do Padre Josimo e mesmo preso é suspeito de ainda chefiar algumas comunidades em Volta Redonda.

Com o criminoso morto foram apreendidas duas pistolas, calibres 45 e 9 milímetros, sendo uma na cintura, além de um rádio transmissor. O outro acusado que estava na moto conseguiu fugir.

O cabo Leonardo Pinho era natural de Valença, no Sul Fluminense. O militar estava na corporação desde dezembro de 2011. Ele era noivo.

Os corpos de Pinho e Camilo foram levados para o Instituto Médico Legal. O outro policial que estava no tiroteio entrou em estado de choque e precisou ser encaminhado para um hospital da cidade. 

Foto: Reprodução Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui