Os servidores públicos que foram votar em uma das chapas que concorriam a eleição para a diretoria terão que retornar em 45 dias. Realizado nesta segunda-feira (dia 15), o pleito foi anulado por denúncias de fraude. Segundo informações, havia urnas violadas e listas de presença sumiram. 

Três chapas estavam inscritas na disputa. A Chapa 1 é encabeçada pelo atual presidente, Ataíde de Oliveira (Chapa 1). O sindicalista teve como adversários nas urnas Ronaldo Rodrigues (Chapa 2) e Luiz Fernando Pereira (Chapa 3). 

Conforme o estatuto da entidade, o eleito comandará os destinos da categoria até 2027. Aliás, a redução para quatro anos de mandato está entre as promessas de campanha das duas chapas de oposição a Ataíde. 

A comissão eleitoral estabeleceu nove pontos de votação: sede do sindicato (no Aterrado), prefeitura, guarda municipal, Fundação Beatriz Gama, Hospital São João Batista, garagem do bairro Aero Clube, secretaria de Infraestrutura e nas unidades do Saae do Aterrado, Belmonte e Bela Vista. 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here