Paciente do Hospital São João Batista, o idoso José Vilela de Oliveira Pires, de 72 anos, foi levado para fazer um exame na Vila Santa Cecília e, a família, informada que, logo depois, ele receberia alta.

Entretanto, após o exame, quando era levado de volta para a ambulância, ocorreu um acidente: a maca em que ele era levado virou e o idoso caiu, batendo com a cabeça no chão. Levado às pressas de volta para o hospital, José Vilela chegou a reclamar, segundo informações da família, de muitas dores nas costas.

No hospital ele não resistiu e morreu. O corpo foi levado para o IML, em Três Poços, para que fosse apurada a causa da morte, mas já foi liberado. Ele está sendo velado no Portal da Saudade, onde será sepultado hoje.

A direção do Hospital São João Batista divulgou a seguinte nota: “O Hospital São João Batista lamenta o falecimento de José Vilela Oliveira Pires, de 72 anos, nesta terça-feira, dia 9. O corpo foi encaminhado ao Instituto Médico Legal para constatar a causa da morte. O paciente permaneceu internado durante 52 dias nesta unidade de saúde. José Vilela foi vítima de uma fatalidade ao cair de uma maca ao ser transportado ao sair de um exame de videolaringoscopia, no Shopping 33, na Vila Santa Cecília. A direção do Hospital São João Batista se solidariza com a família e já determinou a instalação de uma sindicância interna para apurar o fato ocorrido e adotar as medidas necessárias com os possíveis responsáveis pelo acidente. O Hospital São João Batista atende cerca de sete mil pessoas por mês e segue com o compromisso de evoluir sempre buscando se manter sendo uma unidade referência em urgência e emergência em todo Estado do Rio”.

Os funcionários que estavam conduzindo José Vilela de Oliveira Pires para o procedimento no Shopping 33, na Vila, foram imediatamente afastados de suas funções, para posterior demissão, após o encerramento da sindicância iniciada pela direção do Hospital São João Batista.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui