A Polícia Civil prendeu no início da noite de segunda-feira (dia 07), em Resende, um dos suspeitos de envolvimento no assassinato do policial militar Alexandre Balbino Silva, de 44 anos.

O crime foi no dia 18 do mês passado, num posto de combustíveis do bairro Liberdade. Alex Lopes da Silva, o “Branquinho”, de 30 anos, teve mandado de prisão temporária expedido pela 1ª Vara Criminal de Resende. A ordem foi cumprida no bairro Jardim Aliança II. Os agentes apuraram que, após o crime, ele se refugiou em Nova Iguaçu, retornando a Resende na tarde passada.

De acordo com a polícia, o suspeito estaria envolvido com o tráfico de drogas nos bairros Fazenda da Barra I e III. Outro envolvido no caso morreu num confronto a tiros com policiais no dia seguinte ao assassinato do policial. Abramo Barbosa Vieira Goulart, o “Maranhão”, estava com outras cinco pessoas num carro que foi abordado pela Polícia Militar num posto de combustíveis às margens da Via Dutra, na Fazenda da Barra III. De acordo com os policiais que participaram da ação, ele já saiu do veículo atirando e acabou sendo morto. Lotado no batalhão da PM de Resende, o sargento Balbino era morador de Volta Redonda. Ele deixou viúva e um filho menor de idade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui