A CBF (Confederação Brasileira de Futebol) anunciou na segunda-feira (dia 6), que irá repassar R$ 200 mil a cada equipe que irá disputar a Série C do Campeonato Brasileiro de 2020. A doação faz parte de uma medida de apoio financeiro que a Confederação preparou para ajudar os clubes por conta da pandemia do coronavírus, atendendo a um pedido dos 20 times e dos seus jogadores. 

Segundo o vice-presidente do Volta Redonda Flávio Horta Júnior, os presidentes de todas as equipes vinham fazendo algumas reuniões sobre o assunto e esta ajuda da CBF vai ao encontro do que os clubes esperavam da entidade.  

“Estamos satisfeitos com a sinalização positiva da CBF em ajudar os clubes neste momento muito difícil.  O Volta Redonda está indo para o seu quarto ano de Série C, sempre reivindicou uma ajuda e nunca tinha obtido uma resposta positiva da entidade. Desta vez, o presidente Caboclo entendeu o nosso pleito e já sinalizou com esta ajuda que estamos enxergando como sendo algo inicial, já que o tempo vai dizer o que mais será preciso”, destacou. 

Ainda segundo Horta Júnior, o fato de não saber quanto tempo vai durar esta pandemia e, consequentemente, a paralisação dos campeonatos, dificulta a ter uma noção exata dos reflexos da crise no caixa dos clubes.   

“Vamos ver como e quando será este retorno. Se vamos conseguir voltar em 30 dias ou se vamos precisar esticar o calendário, trazendo assim, mais custos para os clubes. Ou até se as partidas serão com portões fechados, o que acaba impactando em diversos fatores, como arrecadação, visibilidade dos patrocinadores, dentre outros. Enfim, acho que é uma ajuda muito importante, mas tenho certeza que, lá na frente, se for preciso sentar e conversar novamente para avaliar toda a situação, será feito”, completou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui