O prefeito Samuca Silva (PSC) anunciou novas medidas de contenção ao avanço do novo coronavírus. Dentre as ações, está a restrição à Volta Redonda de circulação de carros vindos de outros estados e até municípios da região. As informações foram divulgadas em uma transmissão nas redes sociais na tarde deste domingo (dia 3).

Segundo o prefeito, a partir das 00h desta segunda-feira (dia 4), apenas veículos com placas do município, ou que o motorista possa comprovar ser munícipe, poderão entrar em Volta Redonda.

O decreto, de acordo com Samuca, tem suas exceções para evitar a paralisação do município e de seus serviços. “Profissionais da saúde, de forças de segurança e outros trabalhadores que possam comprovar o motivo de sua vinda, serão liberados. Motoristas de aplicativo e táxis que estiverem transportando moradores da cidade também poderão entrar. O que não queremos são pessoas passeando na cidade”, concluiu o prefeito.

Apesar da restrição a veículos particulares, a medida não afetará os ônibus intermunicipais da região. O prefeito afirmou que até a sexta-feira (dia 8), os impactos do decreto serão avaliados.

Números da Covid-19

Até o momento, a Cidade do Aço tem 496 casos confirmados, 1304 suspeitos e 15 óbitos. Uma dessas mortes foi registrada hospital de campanha construído no Estádio Raulino de Oliveira. No total, 75 pessoas estão internadas na rede de saúde do município. Os pacientes curados já são 243.

Volta Redonda segue dentro dos parâmetros para a flexibilização do comércio. Os índices de ocupação na das UTIs e do Hospital de Campanha estão em 11,1% e 7,8%, respectivamente. O crescimento nos casos suspeitos foi de 1,4%, abaixo dos 5% fixados no estudo enviado ao Ministério Público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui