Em resolução publicada na sexta-feira (dia 13) o desembargador do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), Bernardo Garcez, decidiu interromper uma série de atividades nos tribunais do Estado, a fim de prevenir casos do Novo Coronavírus (Covid-19). De acordo com a norma, que entra em vigor nesta segunda-feira (dia 16), as serventias funcionarão com um rodízio interno limitado a dois funcionários por dia, cabendo ao chefe da repartição, definir os nomes a serem escalados.

Os servidores que não estiverem no rodízio e aqueles que estão em grupos de risco da doença, trabalharão com “home office” em horário compatível ao do serviço presencial. Ainda ficou decidido, que em casos urgentes, caberá ao cartório providenciar contato com o magistrado responsável por cada unidade.

Foto: Reprodução/TJRJ

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui