Após dois dias com o crescimento de casos suspeitos beirando os 5% do limite estabelecido no acordo de flexibilização comercial, Volta Redonda apresentou uma queda nesse indicador, na tarde desta quinta-feira (dia 18). De acordo com o prefeito Samuca Silva, o aumento nos casos suspeitos foi de 0,8% nas últimas 24 horas, atingindo a marca 4400 pessoas com algum sintoma da doença e que procuraram atendimento na rede de saúde.

Apesar da baixa variação nos pacientes notificados, os casos confirmados cresceram, chegando a 1190. Os curados já estão em 951.

Metas do acordo de flexibilização comercial

A Cidade do Aço conta, no momento, com 3,7% de suas UTIs ocupadas, número inferior aos 50% máximos determinados no acordo. Já o Hospital de Campanha, opera com 11% de sua capacidade, valor abaixo dos 60% estipulados pelo MPRJ.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui