Na segunda-feira (dia 29), a Volkswagen Caminhões e Ônibus vai iniciar um segundo turno de trabalho na fábrica de Resende. Na data, cerca de 500 funcionários voltam ao trabalho.

Assim, a produção diária será ampliada de 85 para até 120 unidades. De acordo com a fabricante, o principal objetivo da abertura de turno é reduzir o risco de contaminação pelo novo coronavírus entre os funcionários do complexo, que inclui vários fabricantes de autopeças.

Ao todo, quase mil funcionários estão com contratos suspensos e metade voltará ao trabalho. Outros mil trabalhadores retornaram à fábrica de Resende em abril, segundo informações do Diário de Transporte.

Ao todo, a empresa emprega cerca de 4,5 mil pessoas. A VWCO e a Scania foram as primeiras montadoras a retomar atividades no país.

De acordo com Jovelino Juffo, diretor do Sindicato dos Metalúrgicos do Sul Fluminense, a fabricante conseguiria produzir 120 veículos por dia um único turno, mas optou por reabrir o segundo para garantir as medidas de distanciamento entre os funcionários.

Com informações do Diário de Transporte

Foto: Divulgação VWCO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui