Policiais civis do Rio de Janeiro cumprem nesta quarta-feira (dia 28) mandados de busca e apreensão contra 13 suspeitos de compartilhar fotos e vídeos contendo pornografia infanto-juvenil, por meio de um grupo de WhatsApp. Os alvos são investigados por receber ou enviar esses arquivos de pedofilia por meio do aplicativo de mensagens instantâneas, de acordo com a Polícia Civil. Há mandados sendo cumpridos em Barra Mansa.

Investigação da Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima identificou que o grupo, formado por homens e mulheres, tem ramificações inclusive fora do país.

Além de Barra Mansa, os agentes estão sendo cumpridos na capital e em municípios da região metropolitana (Itaguaí, Nova Iguaçu e São Gonçalo) e do interior (Miracema, Campos dos Goytacazes e Araruama, Silva Jardim).

Foto: Tania Rego/Arquivo Agência Brasil

Informações da Agência Brasil

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui