Foi sepultado neste domingo (dia 2) na Lituânia, o corpo de Adam Zindul, de 37 anos. Ele foi assassinado no dia 5 do mês passado em Paraty, na Costa Verde, por Edson Santos, também de 37.

O assassino invadiu a casa que o turista estrangeiro havia alugado na Praia do Sono para curtir a lua de mel com a mulher, uma brasileira de 35 anos, que foi vítima de agressão sexual. A demora na liberação do corpo e a burocracia para o traslado fizeram o processo ser tão complicado para que ele fosse enterrado em sua terra natal.

Recentemente, o Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro informou que denunciou Edson Santos pelos crimes de homicídio triplamente qualificado e estupro. Para a polícia, Adam não foi morto para ser assaltado. Segundo concluiu o delegado Marcello Russo, o objetivo de Edson era violentar a mulher do estrangeiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui