Seis respiradores e seis monitores vão reforçar a rede pública de Saúde de Volta Redonda no combate a Covid-19. Os aparelhos foram doados à Prefeitura de Volta Redonda pela Prefeitura do Rio de Janeiro neste domingo, dia 12. A solenidade aconteceu na sede da Cidade das Artes, no Rio de Janeiro. A secretária de Saúde, Flávia Lipke, esteve na cidade para receber a doação, que também contou com a presença do vereador Pastor Washington.

“Essa semana, chegaremos a 37 leitos de UTI para tratamento da Covid-19 em Volta Redonda. Teremos dez leitos no Hospital de Campanha. E esse aumento de leitos reforça nossa rede e auxilia nas flexibilizações das atividades. Com esses equipamentos, manteremos a quantidade de 37 leitos, além de nos ajudar na devolução dos que foram emprestados ao município”, disse Flávia.

Vale lembrar que a Prefeitura de Volta Redonda iniciou na última semana o tratamento de casos da Covid-19 com medicamento no início dos sintomas. “Esse convênio foi assinado junto à Universidade Federal do Rio de Janeiro. Com o novo protocolo, a pessoa, no início dos sintomas, deve procurar uma das nossas unidades de saúde para iniciar tratamento com medicamento. Isso visa diminuir a força do vírus e evitar internações e maiores gravidades”, acrescentou Flávia.

Foto: SecomVR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui