Morreu nesta sexta-feira, aos 77 anos, enquanto dormia, em sua casa no Humaitá, no Rio de Janeiro, o ator Cecil Thiré. Filho da atriz Tônia Carrero, ele enfrentava o mal de Parkinson há alguns anos.

Além de dirigir obras no cinema e no teatro, Cecil ficou marcado por seus papéis na televisão, como Mário Liberato em “Roda de Fogo” (1987) e Adalberto em “A próxima vítima” (1995).

Nascido em 28 de maio de 1943, no Rio, Cecil foi o filho único do casamento entre a atriz Tônia Carrero e o artista plástico Carlos Arthur Thiré. Desde cedo, assmiu o DNA artístico da família, inclusive, participando no filme “Tico-tico no fubá”, estrelado pela mãe, quando tinha apenas nove anos.

Durante a cerimônia de cremação da mãe, em março de 2018, Cecil já havia chamado a atenção devido ao avanço de sua doença. À época, Leonardo Thierry, sobrinho de Tônia, contou que o ator havia perdido a capacidade de andar.

Cecil deixa sete netos e quatro filhos, dos quais três são atores: Luisa, Carlos, Miguel.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui