A Polícia Civil de São Paulo prendeu, na manhã deste domingo, André de Oliveira Macedo, conhecido como“André do rap” . Ele é apontado como um dos líderes da maior facção criminosa de São Paulo, e suspeito de administrar a exportação de drogas do grupo para a Europa.

Ele foi detido em uma mansão em Angra dos Reis, no sul do estado do Rio, por agentes da Divisão Antissequestro do Departamento de Operações Policiais Estratégicas (Dope). A polícia apreendeu ainda um helicóptero e uma lancha de luxo. Outros dois criminosos, também procurados pela Justiça, foram detidos.

“André do rap” era procurado por tráfico internacional de drogas, atividade que comandaria do porto de Santos e também do estado do Pará. Ele seria o responsável pela negociação direta com um mafioso italiano preso em julho em Praia Grande, Nicola Assisi.

Ele era considerado sucessor de Rogério Jeremias de Simone, o “Gegê do Mangue”, assassinado com outro integrante do grupo. Segundo investigações, os dois estariam roubando dinheiro da facção. Ele também é apontado como homem de confiança de aliados de Marcos Willians Herbas Camacho, o Marcola, considerado líder da facção.

A prisão marca a terceira detenção de nomes de confiança da facção recentemente. Os anteriores haviam sido detidos pelo Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic).

Com informações do O Globo

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui