A proximidade do período eleitoral e as possibilidades de lançamentos de pré-candidatos à prefeito no Sul Fluminense foi o assunto da reunião que aconteceu, nesta segunda-feira (dia 13), no escritório da Executiva Estadual do PSL, no Centro do Rio de Janeiro. O encontro contou com a presença do deputado federal Delegado Antonio Furtado, primeiro vice-presidente do PSL-RJ, do deputado federal Sargento Gurgel, presidente do PSL-RJ, e do deputado estadual Alexandre Knoploch, secretário geral do PSL-RJ.

“O PSL tem um projeto político e uma preocupação com as cidades do Sul Fluminense. Em algumas vamos lançar candidatura própria e, em outras, apoiaremos partidos que tenham propostas que assemelhem com as nossas. Entretanto, tenho um compromisso pessoal com Volta Redonda devido a minha história e o tempo que estive como delegado titular na cidade”, explicou o parlamentar.

As indicações e modificações nos nomes de possíveis candidatos foram acompanhadas pela presidência do partido, que encara como natural toda articulação, apoios e a possibilidade de aparecerem novos nomes no cenário político regional.

Existem muitas possibilidade para a região Sul Fluminense. No caso de Volta Redonda, ainda não sabemos se o PSL vai apresentar um novo pré-candidato ou se vai apoiar um candidato de outro partido. Confiamos na articulação do deputado Delegado Antonio Furtado. Nossa intenção é ajudar a toda a região”, destacou o deputado Gurgel.

Sobre o prazo para a divulgação de um novo nome e coligações, a Executiva Nacional do PSL defendeu que a prioridade é manter o projeto traçada para a região, sem necessidade de decisões imediatas e sem planejamento. 

“Não estamos preocupados em dar nomes agora. É natural acontecerem conversas. Somos procurados, constantemente, por diversas pessoas e partidos. Ter reuniões não quer dizer aceitar a proposta ou fechar alianças. Precisam estar alinhados com nosso objetivo de trazer bem estar e a qualidade de vida para a população” afirmou o secretário geral do PSL-RJ.

Alguns nomes e pedidos de apoio começaram a ser especulados em Volta Redonda como possíveis candidatos do PSL. Entretanto, não existe nenhuma informação oficial que aponte alianças ou indicações.

“Especulações e informações das mais variadas, muitas delas falsas, já começaram aparecer na região. Ainda estamos analisando qual será a posição do partido com relação a Volta Redonda. Não existe nada definido e nem apoios fechados. Seremos os primeiros a informar quando tivermos um nome ou posicionamento candidatos”, concluiu o deputado delegado Antonio Furtado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui