De olho nas vendas para o Dia dos Pais, o comércio está autorizado a funcionar em horário livre, conforme Convenção Coletiva de Trabalho e lei municipal em vigor, respeitando as 44 horas semanais de trabalho. As lojas que quiserem abrir abrir em horário estendido no sábado e durante a semana, além de funcionar domingo, podem desde que paguem hora-extra.

Segundo o Sindicato do Comércio de Volta Redonda (Sicomércio-VR), as empresas que têm banco de horas homologado nos sindicatos patronal e laboral podem compensar as folgas dos funcionários nesse período, exceto dos empregados que estavam com suspensão de contrato temporária ou redução de carga horária com parte do salário paga pelo programa do Governo Federal.

“É uma data importante para o nosso setor, porque ajuda a aumentar as vendas por conta da pandemia. Nossa expectativa é que em relação ao ano passado, haja um crescimento em torno de 15%, já com relação a outros meses do ano, principalmente, quando o comércio ficou fechado, o Dia dos Pais represente uma injeção de pelo menos 25% a mais no movimento”, afirmou Jerônimo dos Santos, presidente do Sicomércio-VR.

Segundo ele, além do atendimento presencial, muitas lojas ainda mantêm o sistema de delivery para os clientes que preferem evitar sair de casa por conta do novo coronavírus. “Também é uma boa opção, porque o cliente compra e a entrega já é feita direta na casa de quem vai ser presenteado”, afirmou. Jerônimo reforçou que o comércio continua cumprindo as medidas preventivas: uso de máscara tanto para os funcionários quanto para os clientes, do álcool 70%, distanciamento social e evitando aglomerações. “Trabalhamos com segurança tanto para nós, nossos clientes e nossos colaboradores e pedimos que ao sair de casa, os consumidores sigam todas as orientações, porque precisamos estar todos protegidos”, afirmou. Foto: Evandro Freitas

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui