A 131ª Zona Eleitoral notificou nesta segunda-feira (dia 5) o candidato a prefeitura Volta Redonda Antônio Francisco Neto (DEM) para que conteste, no prazo de sete dias, as ações de impugnação ao pedido de registro para que ele concorra nas eleições de novembro. A citação revela quatro pedidos formalizados à Justiça. São eles: Ministério Público Eleitoral, diretório do PT e dos candidatos a vereador Almazyr Mattos Júnior (PP), Silvio da Feira (PP) e Raniel de Jesus (Republicanos), neste último caso, uma ação conjunta.

O registro de candidatura do cabeça de chapa da coligação “Vontade Popular 2020”, composta pelo DEM, PTB e PMB, é contestado pelo fato de constar contra ele a reprovação de duas contas (do exercício financeiro de 2011 e 2013) do período em que ele era prefeito e ainda uma da época em que ele dirigiu a Companhia Estadual de Habitação (Cehab), em 2006. A argumentação leva em consideração a Lei Complementar 64/90.

Caso a candidatura de Neto sofra impugnação em primeiro grau, ele pode apresentar recurso no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Todos os processos precisam receber sentença, de primeiro grau, até 30 dias antes da eleição.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui