Em três ações distintas, ocorridas durante essa segunda-feira (dia 5), a Polícia Rodoviária Federal, apreendeu um total de 1.153 kg de cocaína, na Rodovia Presidente Dutra.

Na primeira ação, em Guarulhos, na região metropolitana de São Paulo, 330 kg do entorpecente, divididos em tabletes, foram apreendidos dentro de um carro. Os agentes conseguiram a informação dando conta de que esse não seria o único veículo, da mesma quadrilha, que estava transportando entorpecentes pela rodovia naquele momento. Com isso, outras equipes da PRF foram alertadas

No fim da tarde, já em Lavrinhas (SP), mais um veículo foi abordado, transportando outros 330 kg de cocaína em tabletes. Durante a abordagem, foi constatado que outros dois carros do comboio fugiram no sentido Rio de Janeiro, o que ajudou os policiais a perceberem que se tratava da mesma quadrilha que já havia sido abordada em Guarulhos.

Equipes da PRF no Rio de Janeiro foram alertadas quanto a fuga, é conseguiram abordar os dois veículos, já no km 304, na altura de Resende. Os ocupantes fugiram, abandonando 493 kg de cocaína.

A apreensão, que gerou um prejuízo de cerca de R$ 50 milhões ao tráfico, foi a maior da PRF no ano e a maior na Via Dutra.

Este tipo de ação, quando bandidos enchem veículos com drogas, é conhecida no jargão policial como “cavalo doido”, pois eles tentam passar as barreiras a qualquer custo, como se fossem cavalos enlouquecidos fugindo de algo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui