Estão abertas as inscrições para conservação de florestas do programa Produtores de Água e Floresta (PAF). Realizado pelo Comitê Guandu-RJ, ONG Crescente Fértil e pelos municípios, o programa remunera financeiramente os proprietários pela conservação ou recuperação de áreas em suas propriedades. Os interessados devem se inscrever na Secretaria de Meio Ambiente dos municípios até o dia 18 de dezembro.

O PAF tem o objetivo de promover a conservação e recuperação florestal nas áreas da bacia, contribuindo com a qualidade da água que abastece cerca de nove milhões de pessoas na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. Além de beneficiar o meio ambiente, o projeto consegue alcançar benefícios sociais, seja pela retribuição financeira pela conservação sem ônus ao proprietário, seja através da criação de um novo olhar sobre a natureza.

O programa é realizado pelo Comitê Guandu-RJ há cerca de 10 anos no município de Rio Claro. Na localidade já foram recuperados e conservados cerca de cinco mil hectares de Mata Atlântica. Só neste ano, sessenta e dois produtores rurais do município de Rio Claro receberam do Comitê Guandu-RJ R$ 428.482,66 pela recuperação e conservação de áreas de preservação em suas propriedades.

Devido ao sucesso do programa, em 2018, ele foi ampliado e chegou na sub bacia de Sacra Família, nos municípios de Mendes, Engenheiro Paulo de Frontin e Vassouras. Nesta fase do projeto, com execução da ONG Crescente Fértil, foram firmados contratos com 28 propriedades, das quais 19 contam com ações de restauração florestal, cercamento e aceiramento já realizadas, o que representa, em números: 33 hectares de restauração florestal em manutenção; 44.000 mudas de árvores nativas plantadas; 3.500 metros de aceiros abertos; mais de 9 mil metros de cercas instaladas e 553 hectares de conservação florestal consolidados.

Com o início da temporada de chuvas serão plantadas mais 8.500 mudas nativas até março de 2021 e, ao longo do ano, será dada continuidade às visitas de acompanhamento das ações de restauração e conservação florestal implantadas.

Mesmo com todo avanço o programa ainda está com disponibilidade para efetivar a conservação em 447 hectares, conforme editais dos municípios parceiros: Mendes, Paulo de Frontin e Vassouras. Para participar do projeto protegendo sua própria floresta e recebendo pagamento pelo serviço ambiental, basta o proprietário rural fazer a inscrição na secretaria de Meio Ambiente dos municípios até o dia 18 de dezembro. Informações pelo WhatsApp (24) 99262 8747 e pelo e-mail: crescente.fertil@crescentefertil.org.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.