Em entrevista à Rádio Vibe 89 FM na última terça-feira (dia 20), a candidata a prefeita Cida Diogo (PT) reforçou seu compromisso em recuperar a saúde de Volta Redonda, com propostas como a Fundação Municipal de Saúde e se posicionou mais uma vez contra as Organizações Sociais (OSs). O radialista Peninha destacou a experiência de Cida, ao lembrar que a petista foi vice-prefeita, secretária de Saúde, deputada estadual e federal.

Ao ser perguntada sobre o porquê da candidatura, uma vez que Volta Redonda está endividada, Cida Diogo afirmou que tem disposição para assumir o papel de resgatar a potencialidade do município. E não medirá esforços para buscar recursos estaduais, federais e até mesmo internacionais, com projetos consistentes.

“A cidade, da forma como está caminhando, está precisando de um choque de gestão e, ao mesmo tempo, de propostas arrojadas para fazer essa cidade voltar a ser aquela Volta Redonda pujante de quando foi fundada. E a gente quer transformar essa cidade na liderança econômica da nossa região para que a gente promova o desenvolvimento regional e, com isso, todo mundo possa crescer”, evidenciou a prefeitável da única chapa formada somente por mulheres, com Nena Düppré (PV) de vice.

A candidata à prefeitura também apresentou suas propostas para a educação, como o Bairro-Escola, para a economia, cultura, esporte, e falou também sobre seu projeto para restituir o Recreio do Trabalhador, junto ao movimento Terras de Volta e o Ministério Público. “Eu quero transformar ele num grande centro cultural e esportivo”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui