Promotores de Justiça e agentes da Coordenadoria de Segurança e Inteligência (CSI/MPRJ) cumprem um mandado de busca e apreensão em Piraí, município do Sul Fluminense. O mandado foi expedido pela 1ª Vara especializada de Crime Organizado do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro.

A ação é continuação da Operação Mercadores do Caos deflagrada na semana passada, que resultou na prisão de quatro suspeitos de obter vantagens na compra emergencial de respiradores para pacientes de Covid-19 no estado. Um dos presos foi Gabriell Neves, ex-subsecretário estadual de Saúde e que é natural de Piraí.

A operação da manhã desta quarta-feira também acontece na cidade do Rio de Janeiro. Por lá, o Grupo de Atuação Especializada no Combate à Corrupção (GAECC/MPRJ), com apoio da Delegacia Fazendária da Polícia Civil, cumprem novo mandado de prisão preventiva, contra Maurício Fontoura da Fontoura, controlador da empresa ARC Fontoura e um dos investigados de integrar uma organização criminosa estruturada para obter vantagens em contratos emergenciais, com dispensa de licitação, para a aquisição de ventiladores/respiradores pulmonares necessários para o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus nos hospitais do Estado.

De acordo com o Ministério Público, o material apreendido servirá para instruir as próximas etapas da investigação que está em andamento. O órgão informou que há sigilo judicial decretado, “razão pela qual não é possível prestar mais informações no momento sobre as medidas ajuizadas e sobre as apurações”.

Foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui