É considerado estável o estado de saúde do policial militar Carlos Eduardo Vieira Machado, de 43 anos, após passar por cirurgia no Hospital São João Batista. O sargento do 28º Batalhão (Volta Redonda) cedido ao Grupo de Apoio à Promotoria (GAP), do Ministério Público, foi baleado por criminosos no final da manhã desta terça-feira (dia 23), no bairro Roma.

De acordo com informações obtidas pela Folha do Aço, ele foi atingido por três disparos de arma de fogo, sendo um no pulso, outro superficial no rosto e o terceiro atravessou o crânio, atingindo uma parte com funções cognitivas. Ainda segundo relatos, o fato de a bala não ter se alojado foi considerado positivo pela equipe de neurocirurgia do HSJB.    

Outro ferido foi o também policial militar Antônio Carlos Rodrigues do Santos. Ele foi atingido no antebraço. Segundo informações, não foi atingido nenhum tendão. O projétil foi extraído e em seguida o sargento foi liberado. O ataque de bandidos aconteceu quando os policiais estavam em uma ação com um carro descaracterizado do Ministério Público dentro de um condomínio do Minha Casa, Minha Vida no Roma. Uma criança de cinco anos também foi atingida por raspão na região do abdômen. O estado de saúde dela não foi informado.

Equipes do 28º Batalhão fizeram incursões nas proximidades do bairro em busca dos autores dos disparos. Até o momento, não há informação de prisões.

Foto: Reprodução Rede Social

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui