Com um trabalho de formação de atletas reconhecido em todo país, o Clube dos Funcionários (CFCSN) garantiu cerca de R$ 1,4 milhão em recursos para fortalecer o esporte, melhorando as instalações e adquirindo equipamentos esportivos. A verba entrará nos cofres do clube para ser usada exclusivamente para os fins previstos no edital aprovados pelo Ministério do Esporte e órgãos envolvidos.

O dinheiro foi concedido após aprovação de projeto em edital de captação de recursos, no qual o clube está inscrito desde 2016. “O apoio à prática esportiva e a manutenção de equipes para disputar competições são muito caros no Brasil. Para um clube do interior, a dificuldade é ainda maior, uma vez que patrocínios são difíceis de conseguir e os recursos da instituição são limitados. Esta verba chegará em boa hora e sem dúvida nos permitirá oferecer melhores condições aos nossos atletas, além de ajudar a melhorar a performance de nossos times”, disse o presidente Cláudio Augusto Ferreira.

O Clube dos Funcionários promove 18 modalidades, atraindo diariamente 1.400 alunos, apenas nas escolinhas. Somado esse número às equipes de competição e praticantes individuais, são mais de 3.000 pessoas desenvolvendo atividades. Há cinco anos, o Clube se filiou a Federação Nacional de Clubes (Fenaclubes) e ao Comitê Brasileiro de Clubes (CBC), que reúnem hoje as melhores entidades esportivas do país. Para fazer parte, as agremiações devem estar com toda a sua documentação em dia, além de cumprir uma série de requisitos. A filiação permitiu ao CFCSN voltar a participar de competições em âmbito nacional.

Atualmente, quatro modalidades participam dos Campeonatos Brasileiros Interclubes: basquete, vôlei de areia, natação e tênis. “Acreditamos que estamos no caminho certo e que, em breve, teremos competidores formados no clube representando a cidade, o estado e o Brasil em competições pelo mundo afora”, garantiu Cláudio Augusto.

 Top 100

O reconhecimento do clube também veio com a conquista, por dois anos consecutivos, to título de Clube Top 100 do Brasil, que indica que está entre os melhores do país, entre cerca de 24 mil agremiações.

Foto: Divulgação CFCSN

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui