A Polícia Civil de Resende prendeu em flagrante o comerciante Sérgio Augusto Rezende Pinheiro, dono de uma pizzaria na cidade. Ele é suspeito de receptação. Também foi apreendido um Kia Sportage branco, ano 2015, que, segundo o delegado Michel Floroshck , é clonado.

De acordo com o delegado, o comerciante vem sendo investigado há cerca de seis meses. Existe a suspeita de que ele levava para Resende veículos adulterados na Baixada Fluminense por uma quadrilha.

O delegado informou ainda que, ao receber informação sobre o carro, que estava estacionado em frente à casa do comerciante, determinou que dois inspetores fossem ao local.

Ninguém atendeu ao interfone, o que levou os agentes a seguirem até a pizzaria de Sérgio, onde ele não foi encontrado. Ao retornarem à residência, o carro tinha sido retirado da frente da casa e foi encontrado numa viela próxima mal iluminada.

Na delegacia, acompanhado de um advogado, Sérgio alegou ter comprado o carro por R$65 mil de um homem que disse apenas se lembrar que se chama Marcos. O suspeito disse que o suposto vendedor lhe deu os documentos de licenciamento de 2016 a 2018 depois de receber 20 mil reais e que voltaria com o certificado de 2019, quando então receberia o restante.

O negócio, disse ele, foi fechado há cinco meses, mas o vendedor não voltou a aparecer. Questionado porque, passado tal período, não se preocupou com a regularização do documento do Sportage e o desaparecimento do vendedor, Sérgio alegou que estava “sem tempo”, já que trabalha em dois lugares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui