A adolescente Juliana Medeiros, de 17 anos, foi atingida no pescoço por um tiro de fuzil, na manhã de domingo (dia 12), na Linha Vermelha, no Rio. A moradora de Volta Redonda foi socorrida no Hospital Geral de Bonsucesso, onde passou por uma cirurgia e segue internada.

Juliana estava no carro com a mulher e dois filhos – de 18 e 10 anos de idade – do subsecretário estadual de Saúde, Bruno Marini, de Barra Mansa, seguindo para Cabo Frio, onde já se encontrava seu namorado, de 17 anos, também filho do empresário e político.

Bruno relatou que a adolescente foi ferida quando o carro se aproximava do Aeroporto Internacional do Rio. A bala atravessou o vidro e o pescoço da adolescente, se alojando no encosto do banco. “Foi um milagre [ela ter sobrevivido]”, disse o presidente de honra do PSD de Barra Mansa. 

Segundo o político, os médicos estão esperançosos de que a jovem não tenha sequelas com o ferimento. “Uma avaliação vai ser feita em 48 horas”, informou.

Foto: EBC

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui