O prefeito de Pinheiral, Ednardo Barbosa, emitiu nesta terça-feira (dia 17) um novo decreto nº 2.798 com medidas complementares para o enfrentamento da emergência de saúde pública decorrente do novo coronavírus (Covid-19) em Pinheiral. O primeiro decreto nº. 2.795, com medidas para enfrentamento, prevenção e enfrentamento da propagação da doença foi emitido no último sábado (dia 14).

Entre as medidas que visam evitar o contágio da população está a realização de uma campanha de divulgação para que o acesso da população aos setores públicos seja preferencialmente feito por meio do telefone, seguindo a recomendação do Ministério Público. Para isso, está sendo intensificada a divulgação dos números disponíveis para acesso da população. Ainda assim, funcionários trabalham em escala de plantão em setores para atendimento ao público.

Outra medida tomada pela equipe da Secretaria Municipal de Saúde nas Unidades de Saúde Básica e nos serviços de Pronto-Atendimento, visa evitar a aglomeração com a orientação quanto ao distanciamento entre os pacientes que aguardam atendimento, e a espera do paciente em áreas externas (com espaços abertos), até o atendimento médico.

Os procedimentos cirúrgicos e alguns atendimentos eletivos foram suspensos temporariamente. A secretaria também informou que, em caso de agravamento de situação, de acordo com o Plano de Contingência da Saúde, serão disponibilizados leitos no Hospital Municipal de Pinheiral, até que o paciente possa ser transferido para o hospital de referência definido pelo Estado.

“Estamos no enfrentamento contra o coronavírus na cidade. Para isso, foi firmado um decreto visando à diminuição de aglomerações seja na repartição pública ou em locais privados. Estamos reduzindo em alguns locais a aglomeração de pessoas nas recepções das unidades de saúde, ou seja, no Pronto Socorro Municipal, com atendimentos apenas de emergências, além da antecipação do calendário letivo e outras ações no Plano de Contingência elaborado pela Vigilância em Saúde de Pinheiral”, disse o prefeito, Ednardo Barbosa.

O regime de homeoffice está sendo autorizado para funcionários públicos. Os titulares de cargos e empregos públicos do Município de Pinheiral com idade maior ou igual a 60 anos e as gestantes, estão dispensados das atividades laborais pelo prazo de 15 dias, devendo manter-se em ambiente domiciliar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui