As condições de trabalhadores diante da pandemia do coronavírus estão sendo acompanhadas de perto pelo Sindicato dos Metalúrgicos. A direção da entidade tem mantido conversas com a direção das fábricas que integram a base no Sul Fluminense. A medida tem como objetivo evitar a disseminação do vírus. “Conseguimos negociar com a maioria das empresas medidas, como a liberação dos funcionários do grupo de risco, além da disponibilização de álcool em gel, distanciamento nos refeitórios e controle para não haver aglomeração’, afirmou Silvio Campos, presidente do Sindicato.

As recomendações das autoridades de saúde e do Ministério Público levaram as empresas a concederam férias coletivas. A Volkswagen Caminhões e Ônibus, em Resende, inicia a paralisação dos trabalhos nesta segunda-feira (dia 30). O retorno às atividades está previsto para 20 de abril. A montadora informou que nesse período os funcionários ligados à produção terão um período combinado de banco de horas e férias coletivas.

A PSA Peugeot Citroen, em Porto Real, suspendeu parte do expediente entre 23 de março e 21 de abril. “A Peugeot, por exemplo, conversou com Sindicato e apresentou as medidas, como a paralisação de 85% das atividades. A empresa também nos informou que estava adotando medidas sanitárias recomendadas, entre elas, o distanciamento entre mesas nos refeitórios e a distribuição de álcool em gel por toda a fábrica”, disse Silvio Campos. Com a concessão de férias coletivas, o sindicato e a Peugeot discutirão novas medidas, se houver necessidade.

A Nissan do Brasil, com unidade em Resende, reduziu o número de trabalhadores, concedendo ao setor administrativo o sistema home office, além de férias coletivas até o dia 22 de abril para alguns setores. E, na produção, adotou medidas de prevenção. Em Itatiaia, a Jaguar Land Rover do Brasil não paralisou as atividades, mas implantou o sistema de home office para os funcionários dos escritórios de São Paulo e Rio de Janeiro.

Outra medidas

O Sindicato dos Metalúrgicos também enviou, durante a semana, ofício solicitando que a Companhia Siderúrgica Nacional (CSN) esclareça quais medidas estão sendo tomadas junto aos trabalhadores. “Recebemos muitas reclamações e estamos cobrando uma resposta da empresa. Sabemos que ela liberou aqueles com mais de 60 anos, jovens aprendizes e estagiários, mas é necessário a disponibilização da higienização, com álcool em gel e sabão, e as medidas de distanciamento. Temos que ser responsáveis, pois estamos lidando com vidas”, afirmou Campos.

Segundo Silvio, a notícia que a empresa não liberou os estagiários com mais de 18 anos vai na contramão das ações. “A informação era que todos os estagiários seriam dispensados e, somando com os demais, seriam mais de 2 mil trabalhadores em casa. Já enviamos ofício à empresa para que ela nos dê uma satisfação da razão dessa ação”, disse o presidente.

CSN

Na quinta-feira (dia 26), 1.437 funcionários da CSN iniciaram o período de 15 dias de férias coletivas. A quarentena foi adotata pela direção da empresa para evitar aglomeração de pessoas e garantir a saúde dos funcionários que seguem trabalhando em atividades que são consideradas essenciais. A lista dos dispensados foi elaborada pelos gerentes das áreas.

Desde os primeiros alertas das autoridades de saúde dos riscos da propagação do novo coronavírus, a CSN garante que alterou a rotina nas fábricas e escritórios. Foram ampliadas, segundo a empresa, ações de orientação quanto à higiene, reforço da equipe de limpeza, disponibilização de álcool em gel, suspensão dos procedimentos de viagem e reuniões presenciais, atendimento de casos sintomáticos de gripe, dentre outras. As recomendações foram reforçadas na edição de quintafeira do Chama, boletim interno distribuído aos funcionários.

Na semana passada, a empresa já havia liberado, em regime de férias, os trabalhadores pertencentes ao grupo de risco. Jovens Aprendizes e Estagiários menores de idade foram afastados sem alteração da remuneração. A Usina Presidente Vargas, em Volta Redonda, mantém parte de suas operações. Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui