O corpo de um jovem, de 22 anos, morador do bairro Bom Pastor, em Barra Mansa, foi encontrado no final da tarde desta quarta-feira (dia 15) numa área de mata do Jardim Belmonte, em Volta Redonda.

Ele estava desaparecido desde o último sábado (dia 11), mesmo dia em que ocorreu uma troca de tiros entre policiais militares e suspeitos de tráfico de drogas, que terminou com a prisão de dois suspeitos: um jovem de 21 anos, e outro de 22, sendo apreendidas uma arma e um traje de camuflagem típico de franco-atiradores para ações em áreas de mata.

A causa da morte do jovem vai ser apurada pela necropsia do Instituto Médico Legal de Volta Redonda, para onde foi removido à noite. Isso porque o corpo estava em adiantado estado de decomposição. De acordo com mãe de dele, de 41 anos, que procurou ajuda da polícia no dia seguinte ao seu desaparecimento, seu filho desapareceu após pegar um carro de aplicativo pertencente a um homem, de 29 anos, que negou ter atendido o rapaz, embora admitindo que o conhecia.

O carro do motorista, um Fiat Palio, foi encontrado também um dia depois da troca de tiros entre PMs e criminosos no Jardim Belmonte. Com marcas de tiros, o carro foi achado no Parque do Contorno, região do bairro Nova Primavera.

A polícia acredita que o veículo foi usado para a fuga de criminosos que enfrentaram os agentes no Jardim Belmonte. O motorista disse à polícia, na ocasião, que havia saído de Barra Mansa para levar um passageiro ao Jardim Belmonte, onde teria sido assaltado. Ele mostrou aos policiais um boletim de ocorrência feito na delegacia de Barra Mansa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui