Pesquisadores da Universidade de Oxford, na Inglaterra, devem anunciar uma grande e importante notícia sobre os resultados de suas pesquisas na elaboração de uma vacina contra o novo coronavírus. Segundo o jornalista Robert Peston, da emissora britânica ITV, fontes oficiais devem se manifestar ainda nessa quinta-feira (dia 16).

O medicamento, desenvolvido em parceria com o laboratório AstraZeneca, está na terceira fase de testes em humanos e acontece também no Brasil, sob coordenação da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo).

De acordo com Peston, a vacina apresentou uma dupla eficácia. “Aparentemente, a vacina está gerando o tipo de resposta de anticorpos e células T que os pesquisadores esperavam ver”, disse o jornalista.

Segundo a revista Galileu, a importância da célula T está ligada diretamente ao combate ao vírus por dois motivos. O primeiro. pelo seu papel de estimulador das células B, responsáveis pela produção de anticorpos. E o segundo, por ser responsável pela destruição de células infectadas.

Ainda de acordo com Peston, se a vacina de Oxford for comprovadamente eficaz, poderá entrar em produção em massa já em setembro.

Foto ilustrativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui