O Ministério da Cidadania estendeu, em portaria publicada no Diário Oficial da União nesta sexta-feira (dia 24), o prazo para o saque do benefício do Bolsa Família, enquanto durar o estado de calamidade pública por conta da pandemia de Covid-19. A regra anterior, de 2004, determinava a restituição dos benefícios que não fossem sacados dentro do prazo de 90 dias.

Segundo a portaria, a medida visa a evitar a aglomeração de pessoas durante o saque do benefício e incidirá em todas as parcelas do Bolsa Família pagas que ainda estejam válidas, segundo o calendário de pagamentos e o calendário do programa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui