O juiz Marcelo Dias da Silva, da 131ª Zona Eleitoral de Volta Redonda, determinou a remoção de cinco perfis da rede social Facebook que vinham atacando o vereador Rodrigo Furtado (PSC), candidato à reeleição. A decisão, proferida na terça-feira (dia 6), fixou prazo de 48 horas para o seu cumprimento, fixando multa diária de R$ 1 mil, que pode chegar em até R$ 20 mil, caso seja descumprida.

O magistrado determinou que o Facebook seja notificado para a remoção das páginas e perfis do Vila Brasília em Foco, Márcia Dias Valim Pereira, Dudu Magalhães, Rose Salazar e Maria Fernanda Cândido Gomes, este último um suposto perfil Fake.

De acordo com o processo, os usuários em questão, “em diversas postagens, extrapolaram os limites da crítica política e/ou comportamental, para atingir diretamente a honra objetiva do autor”, neste caso o vereador Rodrigo Furtado.

Alvo dos ataques, Furtado presidiu este ano na Câmara de Volta Redonda a CPI da “Injeção”, que resultou na abertura das investigações contra o vereador Paulinho do Raio-X (MDB). Paulinho acabou cassado pelo plenário, mas em votação do parecer de outra Comissão, a Processante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui