O Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ) manteve, na sessão plenária de terça-feira (dia 3), o indeferimento do Demonstrativo de Regularidade de Atos Partidários (DRAP) do Partido da Causa Operária (PCO) em Volta Redonda, devido a ausência de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ). Ainda cabe recurso ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Com a confirmação do indeferimento do DRAP, o Colegiado do TRE-RJ também manteve o indeferimento dos registros dos candidatos a prefeito de Luiz Eugênio, e o vice, Catta Preta. Os registros dos candidatos também apresentavam outras irregularidades.

Em relação aos candidatos da agremiação ao pleito majoritário na Capital, Henrique Simonard e Caetano Sigiliano, que tiveram os registros de candidatura indeferidos na primeira instância, os recursos ainda não foram julgados pela Corte.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui