A Polícia Federal, deflagrou, com o apoio do Ministério Público Federal (MPF), na manhã desta quarta-feira (dia 18), a Operação Armadeira 2, visando desarticular estrutura de recebimento de propina por parte de servidores da Receita Federal, pagas por empresários, a fim de evitar fiscalizações ou para que fossem lavrados autos de infração com valores inferiores aos devidos. As investigações também tiveram êxito na identificação de atos voltados à lavagem dos valores indevidamente recebidos pelos envolvidos.

A ação conta com a participação de aproximadamente 150 policiais federais, divididos em 32 equipes, que dão cumprimento a 46 mandados de busca e apreensão na capital do estado e nas cidades de Nova Iguaçu, Niterói, Silva Jardim e Teresópolis.

Os mandados judicias foram expedidos pela 7ª Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. Os investigados responderão pelos crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui