Em audiência de custódia realizada no domingo (dia 29), em Volta Redonda, o juiz Marcelo Borges Barbosa determinou a conversão da prisão em flagrante do policial militar Janitom Celso Rosa Amorim, de 39 anos, para preventiva. O cabo lotado no 37º Batalhão (Resende) matou a namorada em Valença, na última sexta-feira.

A dentista Mayara Pereira de Oliveira Fernandes, de 31 anos, morreu após levar um tiro na boca. Ela foi mantida refém e baleada na manhã desta sexta-feira (dia 27), no estacionamento da Fundação Educacional Dom André Arcoverde (FAA), em Valença, onde cursava pós-graduação.

O corpo de Mayara foi sepultado no sábado (dia 28) no cemitério Portal da Saudade. Ela, que era moradora de Volta Redonda, deixa um filho de 6 anos, de outro relacionamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui