A Polícia Civil de Volta Redonda prendeu, nesta quarta-feira (dia 1º), no Condomínio Ingá II, no bairro Santa Cruz, Marina de Fátima Gomes Sangi, de 33 anos. Apontada como gerente da boca de fumo da facção que domina o local, Marina seria companheira de Reginaldo Gomes da Silva, conhecido como “Naldo” ou “Paizão”, assassinado nesta manhã, na antiga Rua 4, no bairro Conforto.

Segundo o delegado Edézio Ramos, contra Marina havia um mandado de prisão por tráfico de drogas. Ela havia sido condenada a nove anos e três meses de prisão pelo crime e foi localizada após trabalho de inteligência e investigação dos agentes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.