A partir de agora alunos do UniFoa contam com mais uma possibilidade para intercâmbio. A instituição firmou um convênio com o Instituto Politécnico do Porto, P. Porto, de Portugal. A ideia é promover e expandir a compreensão internacional, estimulando e apoiando atividades e projetos acadêmicos, profissionais e interculturais. As atividades entre as duas instituições serão coordenadas, no UniFoa, pelo Núcleo de Internacionalização (Unex).

Segundo o pró-reitor de pesquisa e pós-graduação, Alden dos Santos Neves, o convênio contempla programa de intercâmbio para alunos, funcionários e professores; visitas acadêmicas, projetos de pesquisa colaborativa; programas de estágio de curto prazo, além de palestras, conferências e seminários.

Todos os cursos serão beneficiados com o convênio, inclusive os programas de especialização e mestrado, uma vez que as duas instituições possuem temas de pesquisas afins. “Podemos tanto trabalhar com a mobilidade dos alunos, quanto promover eventos internacionais, trazendo profissionais de lá para palestrar aqui UniFoa firma convênio com Instituto Politécnico do Porto, em Portugal ou enviando professores para o Instituto Politécnico do Porto”, explicou o pró-reitor, que também é responsável pelo núcleo de internacionalização.

Para facilitar a experiência dos futuros intercambistas, o Unex está sendo reformulado. “Estamos passando por uma movimentação muito grande da instituição como um todo para nos colocarmos aptos a vivenciar, com toda a intensidade, tudo o que esse processo de internacionalização pode oferecer”, continuou Alden.

Unex

O Núcleo de Internacionalização do UniFoa foi criado com apoio da Faperj para promover a cooperação científica, técnica e cultural com instituições estrangeiras, sendo um facilitador para quem se interessar pelo intercâmbio. Dentre os objetivos do Unex estão: promover o desenvolvimento e o aprimoramento acadêmico da instituição; apoiar a participação da comunidade acadêmica em programas e projetos oriundos de órgãos governamentais e de fomento externo; encaminhar alunos e outros eventuais interessados aos programas de intercâmbio eventualmente conveniados; e recepcionar alunos oriundos de outros países.

A experiência com o intercâmbio abre portas para os profissionais. “Uma mobilidade internacional é muito bem vista pelo mercado de trabalho, por conta da experiência com outras culturas, outros idiomas, o que dá uma bagagem que pode ser muito bem aproveitada no mercado de trabalho, além de um enriquecimento pessoal muito grande, que permite conhecer novas realidades de outros países”, completou.

A equipe do núcleo conta com os professores Igor Dutra Braz, Stella Aragão e Luciana Machado. O atendimento é feito às terças, quintas e sextas-feiras, no período da tarde. Para saber mais, acesse unifoa.edu.br/unex/.

Instituto

O P. Porto foi fundado em 1985, quando houve a integração da Escola Superior de Educação e a Escola Superior de Música. Atualmente, o instituto é formado pelas escolas de Engenharia, Ciências Empresariais, Educação, Artes, Tecnologia e Gestão, Saúde, Hotelaria e Turismo e Media Design. O P. Porto conta com cerca de 15 mil estudantes divididos por três campi.

Foto: Divulgação

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui