Está marcado para as 8h de sexta-feira (dia 29), o sepultamento do corpo da irmã Elizabeth Alves. A líder religiosa morreu na madrugada desta quinta, em decorrência de insuficiência cardíaca. O corpo está sendo velado na Capela Mortuária do Aterrado, em Volta Redonda, e ainda na tarde de hoje será transportado para Arrozal. O enterro acontece no Cemitério Municipal do distrito de Piraí.

Irmã Elizabeth tinha 80 anos. Veio do Rio de Janeiro, capital, para a região para iniciar seus trabalhos em Volta Redonda, na comunidade São Geraldo, mas depois de 17 anos foi para Quatis, ainda como distrito de Barra Mansa, onde participou de grandes conquistas junto com o povo, como a emancipação da cidade.

Depois de dez anos trabalhando na cidade, em 1993, a convite do então bispo diocesano, dom Waldyr Calheiros, iniciou a implantação da Pastoral da Criança na diocese, acompanhada de irmã Terezinha. A assistência teve início em Arrozal, com a pesagem e acompanhamento das crianças e em 2 anos em toda Diocese, acompanhavam quarenta mil crianças.

Em Arrozal, foi figura importante na posse de áreas para construção de moradias para os mais necessitados. Mas com o passar do tempo, uma nova realidade foi se desenhando e muito mais complexa que a desnutrição, foi registrado um índice alto de violência doméstica.

Durante uma inspiração divina, como contava, a religiosa e irmã Terezinha tiveram a ideia de criar a Casa da Criança e do Adolescente, em 1996. “À frente do trabalho, irmã Elizabeth enfrentou difíceis casos de violência contra as crianças, mobilizou Igreja, poder público e a sociedade civil no atendimento de milhares de crianças em situação de vulnerabilidade. A diocese torna público todo o seu agradecimento pelo trabalho incansável da irmã Elizabeth que sempre demonstrou explicitamente sua preferência pelos pequenos, pobres e perseguidos, seguindo assim os ensinamentos do próprio Jesus”, disse dom Francisco Biasin, administrador apostólico da diocese de Barra do Piraí-Volta  Redonda.

Foto: Reprodução

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui