As fortes chuvas que castigaram a região no domingo (dia 7) provocaram grandes estragos em Volta Redonda e Barra Mansa. A Sérgio Braga, principal via de acesso entre as duas cidades, ficou interditada por cinco dias devido ao deslizamento de terras na altura do bairro Vila Elmira. Cerca de 50 caminhões de terras foram retirados da localidade. Enquanto equipes das prefeituras trabalhavam no local, o tráfego de veículos precisou ser alterado para via Dutra e Avenida Presidente Kennedy, no Ano Bom.

O índice pluviométrico registrado na noite de domingo, de 170 milímetros, foi maior do que o esperado para todo mês de abril. Geólogos do Departamento de Recursos Minerais fizeram uma análise em vários locais de Volta Redonda junto com os técnicos do Palácio 17 de Julho.

“Estamos tendo esse apoio do Estado e assim que concluirmos as visitas faremos um relatório para definir a estratégia de ação nesses locais interditados”, disse Leandro Rezende, coordenador da Defesa Civil.

De acordo com o secretário de Infraestrutura de Volta Redonda, Toninho Oreste, foram retiradas mais de cinco mil toneladas de lama e entulho da cidade. A Rua 33, na Vila Santa Cecília, foi uma das mais prejudicadas. A situação poderia ser agravada não fosse os investimentos na construção e manutenção de contenções e de encostas; contenção de muros; e rede de drenagem de águas pluviais. Em pouco mais de dois anos, foram mais de R$ 2,4 milhões em obras.

“Graças ao trabalho de monitoramento da Defesa Civil e intervenções pontuais do Furban e SMI (secretaria municipal de Infraestrutura), estamos observando que as contenções têm se mostrado importantes, principalmente nesses últimos dias com temporais que causaram muitos transtornos na cidade. Essas obras ajudaram a salvar vidas”, afirmou o diretor-geral do Fundo Comunitário (FurbanVR), Ronie Oliveira.

Além da contenção de encostas, o Furban-VR realizou obras de recuperação de escadas, melhorias em servidões, manutenções, execuções de taludes (rampas), entre outras. Para o prefeito Samuca Silva (PSDB), o momento é de continuar trabalhando para que a população retome sua rotina, mas sem deixar de investir em mais prevenção.

“Vamos seguir com todo o nosso pessoal nas ruas, limpando, consertando, atuando para que a cidade esteja limpa. E também continuaremos com os investimentos em obras, manutenções. Em 2019, já temos seis obras licitadas com investimento de mais de R$ 200 mil no Furban para melhorar a segurança da população, principalmente em períodos de temporais”, explicou o prefeito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here