A Operação “PC 27”, deflagrada na quarta (dia 24), em todo o país, para cumprir mandados de prisão contra suspeitos de crimes violentos, como homicídios, latrocínio e estupro, além de tráfico de drogas, resultou em mais de 200 presos em todo o estado do Rio. A operação foi coordenada pelo Conselho Nacional dos Chefes de Polícia Civil. Em todo o Brasil, o total de prisões passou de 3 mil.

Na região Sul Fluminense, a delegacia de Barra Mansa confirmou ter prendido quatro suspeitos, um deles em flagrante, todos suspeitos de tráfico. As prisões foram feitas no Bom Pastor, no Loteamento e São Luiz. Neste último, um dos suspeitos foi preso trabalhando numa empresa. Na Rua Zico Horta, na Vila Nova, um homem foi preso em flagrante com dois pedaços de maconha. Ele responde também por homicídio. No imóvel onde ele foi encontrado, policiais apreenderam um revólver calibre 38, municiado com cinco balas.

Em Quatis, policiais da delegacia de Porto Real cumpriram dois mandados de prisão contra Jaime Leopoldo Júnior, de 24 anos. Ele foi encontrado no bairro Nossa Senhora do Rosário. Jaime, segundo o delegado Marcelo Haddad, tentou se esconder debaixo da cama quando os policiais chegaram à sua casa, na Rua 5. O delegado de Resende, Michel Floroschk, informou que não havia mandados de prisão em aberto na cidade, depois que sua delegacia cumpriu 12 ordens de prisão temporária e preventiva, nos últimos dias. A delegacia de Volta Redonda, cidade onde também a operação se desenvolveu, não informou nada a respeito da ação.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui