Em 2018, Volta Redonda foi a cidade que mais gerou empregos no Estado do Rio. Os números ainda mostram crescimento e, em março, a cidade teve mais um resultado positivo, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Para incentivar a empregabilidade, a prefeitura, no Dia do Trabalhador, o 1° Mutirão do Emprego.

O evento será na Ilha São João, das 8h às 17h e já conta com 1.500 vagas, que serão oferecidas por dezenas de empresas de vários segmentos. “Toda a estrutura da prefeitura estará dando suporte. Será um dia maravilhoso para nossa cidade. Esse será o primeiro mutirão do emprego que estaremos juntando as empresas de Vota Redonda que têm oportunidade. Quem sabe, nesse dia, o cidadão já sai com uma entrevista, com sua vaga de emprego”, ressaltou o prefeito Samuca Silva (PSDB).

Os interessados devem levar RG (identidade), CPF, carteira de trabalho e cópias do currículo. O secretário municipal de Desenvolvimento e Turismo, Joselito Magalhães, explicou que todos os candidatos serão recepcionados e direcionados para entrevistas com as empresas durante o evento.

“Os candidatos passarão por uma triagem que será feita com 50 atendentes e dura no máximo 5 minutos e já identifica o perfil do candidato e já conecta com o perfil exigido pelas empresas que estarão lá dentro. Em seguida, passará por uma sala de bate-papo durante aproximadamente 15 minutos. É uma forma de orientar o candidato sobre como se comportar na entrevista. Em seguida, o candidato é direcionado para uma entrevista de acordo com o perfil”, explicou Joselito Magalhães, lembrando que também serão disponibilizadas oportunidades para pessoas com deficiência e para Jovem Aprendiz.

“As pessoas com deficiência, inclusive, terão atendimento preferencial. Dez por cento das vagas disponíveis são direcionadas às pessoas com necessidades especiais. E são bons cargos disponíveis em várias empresas”, afirmou.

Segundo a administração municipal, todos os indicadores do mutirão serão importantes para que a secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo entenda melhor como trabalhar com os cidadãos, principalmente os que não conseguirem preencher as vagas.

“Servirá para entendermos o que falta, capacitação, inclusive formação de jovens e adolescentes para concluírem o Ensino Médio. É um projeto importante porque fecha o pacote: oportuniza o emprego e trabalha com aqueles que ainda não tiveram habilitação necessária para ocupar as vagas”, disse o secretário.

Vagas

Dentre as vagas que estarão disponíveis estarão para funções como: açougueiro; operador de loja; operador líder; gerente de loja; mecânico industrial; eletricista industrial; recepção; TI (Tecnologia da Informação); auxiliar de farmácia; almoxarifado; auxiliar de manutenção; eletricista; operador de estufa; operador de litografia; auxiliar fiscal; programador de carga; ajudante de embarque; motorista de carreta; analista de suporte; balconista de medicamentos; farmacêutico; operador de caixa; auxiliar de limpeza industrial e social; soldador; montador; auxiliar de produção; assistente de contabilidade; cozinheiro; gerente comercial; vendedor (masculino e feminino); auxiliar de logística; motorista categoria D; auxiliar de administração.

O prefeito destacou ainda que o processo não será por ordem de chegada. “Não precisa chegar muito cedo. Teremos toda uma estrutura para atender, as pessoas podem ir no horário normal e as vagas estarão lá. Não será empregado quem chegar primeiro. Te remos um aparato de alimentação para dar um conforto, um mínimo de atenção nessa estrutura”, explicou Samuca.

Fábrica de Talentos

Durante o mutirão, a prefeitura vai lançar o projeto Fábrica de Talentos, que visa capacitar candidatos que não possuem a qualificação necessária para o mercado. “Por exemplo, se o candidato não tiver o perfil de nenhuma das vagas que estão sendo oferecidas, ele será direcionado para esse grande projeto da prefeitura, que é a Fábrica de Talentos. Ele poderá fazer o cadastro e todos os cursos que serão oferecidos são gratuitos”, explicou Joselito Magalhães.

Samuca Silva ressaltou que o objetivo do Fábrica de Talentos é formar mão de obra especializada. “Está em nosso plano de governo e cada um tem que buscar formar o melhor cidadão. Se não conseguiu direcionamento ou a vaga, a prefeitura vai oferecer capacitação, cursos, para preparar para a próxima vaga. Posteriormente, vamos chamar os empresários e formar a mão de obra especializada do jeito que eles querem”, afirmou o prefeito. Sem cobrança A prefeitura informou que não haverá cobrança de qualquer valor a quem quiser participar do Mutirão do Emprego.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui