A frente fria que chegou ao estado do Rio de Janeiro traz muita apreensão às pessoas. É que as temperaturas mais baixas são um forte gatilho para desencadear ou até mesmo agravar resfriados, gripe, pneumonia, asma-brônquica, sinusites, e rinite alérgica, entre outras doenças respiratórias.

De acordo com o pneumologista Gilmar Alves Zonzin, presidente do Conselho Deliberativo da Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Estado do Rio de Janeiro, alguns grupos – principalmente os idosos, crianças e portadores de doenças crônicas – devem estar mais atentos à saúde, já que nesses grupos as complicações provocadas pelas doenças respiratórias costumam ser mais severas. 

Para o médico, embora a gripe influenza/H1N1 seja a doença mais preocupante do período, outras patologias também causam apreensão, já que são muitos os vírus e as bactérias que circulam na estação e que podem agravar as doenças respiratórias.  É o caso, por exemplo, da pneumonia bacteriana, considerada uma das principais causas de morte no mundo. 

De acordo com Zonzin, os tratamentos para as doenças típicas de inverno variam, dependendo do diagnóstico (doença viral, alérgica ou bacteriana). “Cada caso exige um tipo de tratamento ou cuidado específico. Mas é importante lembrar que, quando os sintomas são agudos e/ou persistentes, o paciente deve procurar pelo serviço médico imediatamente”, afirma o pneumologista.

Além da vacina contra o H1N1, outra forma eficaz de prevenir complicações e mortes provocadas pelas doenças de inverno é a vacina antipneumocócica. Ela previne e reduz infecções – especialmente as graves – causadas pela bactéria chamada “pneumococo” (Streptococcus pneumoniae), que provoca tanto a pneumonia quanto a otite média, sinusite bacteriana e meningite (pelo pneumococo).

Para o pneumologista, alguns cuidados básicos com a saúde também devem ser reforçados durante a estação para preservar o sistema imunológico, como ingerir bastante líquido, lavar as mãos com frequência, ter uma boa alimentação, praticar exercícios físicos regularmente e ter uma boa noite de sono.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui