Se você é daqueles que usa o transporte por aplicativo por acreditar que preço e qualidade são fatores importantes, cuidado: você pode estar sendo lesado.

Um método conhecido como “Treme Treme”, adotado por alguns motoristas “espertos” do Uber e 99Pop, tem sido utilizado para aumentar consideravelmente o valor final da corrida contratada.

A técnica usada pelo motorista foi descrita pelo portal da BandNews, e se resume a colocar o celular no modo de economia de energia. Com isso, os motoristas de aplicativos conseguem burlar o GPS, fazendo o valor da corrida aumentar em até 300%.

A malandragem, no entanto, só funciona em celulares do sistema Android .

No modo de energia, o funcionamento do GPS do aparelho do motorista é afetado diretamente, já que o modo de alta precisão de localização é desativado. Dessa forma, o aparelho passa a registrar uma localização aproximada, alterando a forma como a plataforma calcula o valor da corrida.  O nome “Treme Treme” advém daí: o GPS fica dando voltas durante o deslocamento do veículo, aumentando a extensão da corrida, o que impacta no custo final.

Para o usuário as coisas aparentam estar certas, já que o destino final é percorrido normalmente.

GOLPES

Os golpes por aplicativos vêm se disseminando, uma maneira nada ética dos motoristas maximizarem seus ganhos. Os passageiros que reclamam junto às empresas, como Uber, conseguem que os motoristas sejam punidos e escapam da cobrança excessiva.

Mas segundo o portal TechTudo, há motoristas que conseguem comprar aparelhos celulares com o aplicativo já logado em uma conta com dados de terceiros. Ou seja, continuam pegando e fraudando corridas, mesmo após serem punidos pelas plataformas.

Com informações do Diário de Transporte

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui