Na semana em que se comemora o Dia da Consciência Negra, o Memorial Zumbi dos Palmares receberá a programação da 3ª Semana do Povo Preto, um projeto realizado pela Prefeitura de Volta Redonda, por meio da Secretaria de Cultura (SMC). Durante a semana, o espaço cultural estará de portas abertas, com atividades em diálogo com a cultura afro, direcionadas ao público de todas as idades.

Na quarta-feira, dia 20, haverá a abertura da exposição Orixá Itan (Mitologia Africana), às 18h, com os trabalhos da artista Júlia Cídio, participante do edital de ocupação cultural do espaço. A exposição poderá ser visitada até dezembro no Memorial Zumbi, na Vila Santa Cecília.

Ao longo da semana, o espaço recebe ainda uma edição especial da Feira Troque Livros, com obras de autores negros e negras, literatura e produções com ênfase na cultura afro-brasileira. A programação também dispõe de uma palestra com o escritor Durval Arantes, no tema “A grande jornada da África até Volta Redonda” e uma palestra com Fátima Negrann sobre “Empoderamento estético da mulher negra”, dentro da ação Rede Feminina Preta de Moda Afro. O encerramento do cronograma será com muita música e pulsação no Festival de Curimba, no dia 24.

O prefeito Samuca Silva lembrou que o objetivo é valorizar a cultura afro em suas mais diversas manifestações artísticas e culturais, reconhecendo as raízes da formação do povo brasileiro na sua diversidade. “Será uma programação rica culturalmente. Teremos muita música, exposição, história, cultura urbana e popular”, comentou o prefeito. 

A secretária municipal de Cultura, Aline Mara Ribeiro, frisou que a Semana do Povo Preto é um projeto bem sucedido, que precisa ser mantido no calendário oficial da cidade, garantindo uma programação diversificada e com discussões significativas para artistas, coletivos de cultura afro e cultura urbana, produtores e intelectuais negros.

“Esse é o objetivo da Secretaria Municipal de Cultura durante o planejamento de projetos e programações culturais e esperamos que a 3ª edição da Semana do Povo Preto seja especial como tem sido a cada ano, alinhada aos princípios de economicidade financeira e do município”, afirmou Aline.

Ainda como parte das comemorações, na quarta-feira, dia 20, será inaugurado o Espaço Cultural Afro Rua, um ambiente de fomento ao empreendedorismo cultural inédito na região. O Espaço, localizado no 2º bloco do Mercado Popular do Retiro, contém 11 quiosques que foram submetidos à ocupação cultural através de um edital de seleção realizado em 2017 e 2018, destinado a jovens negros com projetos de empreendedorismo cultural.

Confira a programação completa abaixo:

20/11

9h às 11h – Inauguração do Espaço Cultural Afro Rua (2º bloco do Mercado Popular do Retiro);

18h – Abertura da Exposição Orixá Itan, por Júlia Cídio (Memorial Zumbi dos Palmares);

21/11 – Memorial Zumbi dos Palmares

14h às 21h – Exposição Orixá Itan, por Júlia Cídio

17h – Ensaio Aberto Cia Intervalo – A Cor do Sangue

18h – Apresentação Coletivo Flor de Maio Humanizar

22/11- Memorial Zumbi dos Palmares

14h às 21h – Exposição Orixá Itan, por Júlia Cídio

14h às 18h – Feira Troque Livros edição “Fogo nos Racistas” + Sarau

18h – palestra “A grande jornada da África até Volta Redonda” com o escritor Durval Arantes, natural de Volta Redonda e que reside em São Paulo desde 1984. Professor de inglês, pesquisador e fomentador das culturas de matriz africana, é também autor do livro “O último negro” e do livro “O enigma Ashanti”.

23/11- Memorial Zumbi dos Palmares

14h às 21h – Exposição Orixá Itan, por Júlia Cídio

14h às 17h – Rede Feminina Preta de Moda Afro com participação de Fátima Negrann

17h as 21h30 – Roda Cultural de Rima de Volta Redonda

24/11- Memorial Zumbi dos Palmares

14h às 21h – Exposição Orixá Itan, por Júlia Cídio

14h às 20h – Festival de Curimba (encerramento) com:

Ogans Luz do Caminho – Vassouras, Tambores de Angola – Valença,União Espiritualista Mina Congo – Pilares, Curimbeiros de Xangô – Teresópolis, Tenda Espírita Vovó Cambinda e Tia Chica – Pinheiral, Curimbas Emoções e Fé – Rio de Janeiro, Tufec – Barra do Piraí, Centro Espírita Ogum Guerreiro – Pinheiral, Feuphar/Pai Congo de Aruanda – Volta Redonda.

Foto: SecomVR

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui