A empresária Maria Da Glória Belchior, de 57 anos, sequestrada na última terça-feira em Paraty, foi libertada pelos criminosos no dia passado. O delegado Marcelo Russo, titular da Polícia Civil na cidade, informou à reportagem do jornal que a mulher, dona de várias pousadas na cidade litorânea, foi solta na Estrada Paraty-Cunha.

De acordo com ele, não houve pagamento de resgate. Marcelo Russo acredita que os bandidos decidiram libertar a mulher devido à repercussão do caso na cidade, pois o sequestro havia se tornado de conhecimento público. Maria Da Glória ainda vai ser ouvida pela polícia. O delegado informou que ela não sofreu agressões físicas, mas se encontra abalada com o ocorrido.

A empresária foi rendida por dois bandidos quando chegava à uma de suas pousadas, na praia do Jabaquara. Eles eram quatro no total e chegaram num Fiat Doblo. Maria Da Glória foi colocada em seu próprio carro e levada do local para um lugar ainda desconhecido pela polícia.

Um filho conseguiu falar com ela minutos depois, pelo celular, quando ouviu da mãe que havia sido sequestrada e que os bandidos queriam dinheiro para que ela fosse libertada. Na tarde desta terça-feira, quando estavam nas ruas em busca de informações que levassem ao cativeiro da vítima, agentes da delegacia de Paraty foram informados que ela havia sido encontrada por populares na Estrada Paraty-Cunha e levada para casa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui